Login

meuResíduo apresenta: DADOS RELEVANTES SOBRE O RESÍDUO (LIXO) NO BRASIL – AMAZONAS

Começaremos nossa série pelo AMAZONAS, venha conosco!

Hoje começamos uma série, onde vamos a disponibilizar dados importantes sobre a gestão de resíduos do nosso país. Através dessa pesquisa poderemos obter um panorama de cada estado e como está gestão de resíduos.

 Esses dados foram retirados da plataforma do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), ela possui o acesso público, mas para facilitar vamos esmiuçar seus dados para melhor entendermos.

Segundo os dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), apenas 26 dos 62 municípios do estado do Amazonas, ou seja, 42% dos municípios informaram os dados sobre manejo de resíduos.

Dentro do universo dos resíduos declarados 88,50% do total se concentra como  Resíduos Sólidos Domiciliares (RDO) e Resíduos Públicos (RPU). Resíduos de Serviços de Podas de Árvores (RPO) concentram 6,83%, Resíduos de Construção Civil (RCD) aparecem com 2,48%, Resíduos de Serviço de Saúde (RSS) com 1,57% e outros tipos de resíduos 1,08%.

Existem 34 Unidades de Destino Final cadastradas na base de dados do SNIS, 55,88% são Lixões, 29,41% são Unidades de Triagem, lembrando que apenas trabalham com resíduos recicláveis, 8,82% são aterros controlados, 2,94% são unidades de manejo de galhadas e podas e apenas 2,94% são aterros sanitários.

Por fim a quantidade de resíduos declarada pelos municípios no estado do Amazonas em 2019, é igual a 1.300.448 toneladas 

Para se ter a dimensão dessa quantidade, seria igual a 1.182.226 carros populares, que enfileirados, atingiriam a distância que 1 viagem a São Paulo.

Dessa forma para se ter todo esse controle de informação e para entender a necessidade de controlar seus resíduos, nos solicite uma demonstração e fale com um de nossos especialistas. É importante você saber quer somos uma plataforma digital que realiza o gerenciamento da informação dentro cadeia de gestão de resíduos, integrando com os órgãos ambientais. Conseguimos com muita efetividade, implantar a transformação digital nas organizações: 

– otimizando processos;

–  diminuindo custos;

– gerando rentabilidade. 

Primamos pela transparência e rastreabilidade das informações e, além disso levamos a tecnologia onde o resíduo é manuseado, dessa forma conseguimos implantar o controle de todo o processo.

Fonte:

http://snis.gov.br/painel-informacoes-saneamento-brasil/web/painel-residuos-solidos

POST RELACIONADOS:

Compartilhe este Post: