Login

QUAL É A CLASSE DE RISCO DA COVID-19?

Para determinar o quão perigoso um vírus é para a comunidade e para os indivíduos em si, a portaria de número 1.914 de agosto de 2011, categorizou-os em classes de risco 1, 2, 3 e 4.

Classe de risco 1: Apresenta baixo risco para a pessoa contaminada e para a comunidade. Incluem-se aqui os agentes biológicos conhecidos que não causam doenças no homem, como, por exemplo o Lactobacillus spp. e o Bacillus subtilis. 

Classe de risco 2: Apresenta moderado risco para a pessoa contaminada e limitado risco para a comunidade. Incluem-se aqui os agentes biológicos que provocam infecções mas com um um potencial de disseminação limitado, com medidas de prevenção eficazes, como, por exemplo, a Schistosoma mansoni e o vírus da rubéola. 

Classe de risco 3: Apresenta alto risco para a pessoa contaminada e moderado risco para a comunidade. Incluem-se aqui os agentes biológicos transmitidos por via respiratória, que podem causar doenças letais, existindo usualmente medidas de prevenção, como, por exemplo, a Bacillus anthracis, o Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) e o novo coronavírus (COVID-19). 

Classe de risco 4: Apresenta alto risco para a pessoa contaminada e para a comunidade. Incluem-se aqui os agentes biológicos com alta chance de transmissão por via respiratória, com medidas de prevenção inexistentes e de alta gravidade, como, por exemplo, o vírus Ebola e o vírus Lassa.


Para mais informações, você pode acessá-la na íntegra pelo link: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2011/prt1914_09_08_2011.html

Compartilhe este Post: